Veja como planos de incentivo podem motivar a equipe

Por Julia Campos
6 minutos de leitura
planos-de-incentivo

Manter uma equipe sempre motivada é um grande desafio para líderes e gestores. É natural que existam ciclos em que se coloque mais energia no trabalho, mas há uma maneira de torná-los mais constantes. Neste artigo, você poderá saber como os planos de incentivo atuam na motivação de uma equipe. Boa leitura!

O que são os planos de incentivo?

Planos de incentivo são um sinônimo para Remuneração Variável. Essa estratégia, que pode ser de curto ou longo prazo, como veremos adiante, é diferente de uma remuneração fixa, que por sua vez, é composta pelo salário e benefícios previstos em lei, como o vale-transporte.

A RV é disponibilizada mediante o cumprimento de alguns requisitos. O primeiro deles é o de permanência no posto de trabalho, como uma espécie de carência. Outra condição que pode ser exigida para que a pessoa beneficiária receba o incentivo é a performance, que pode ser atrelada a:

  • metas individuais;
  • metas coletivas;
  • metas organizacionais.

Esse conjunto de condições é chamado de contrato de vesting. As regras de carência e de performance são personalizáveis e são decididas pela própria empresa. Como é um incentivo condicionado ao alcance dessas metas, é variável, podendo não ser viabilizado todo mês, como o salário. Daí vem o nome Remuneração Variável.

Um dos objetivos principais desses planos de incentivo é motivar a equipe a alcançar esses resultados e também reconhecer e valorizar o bom desempenho das pessoas colaboradoras.

ICP

ICP é a sigla para Incentivos de Curto Prazo. Essa categoria de Remuneração Variável pode ser resgatada em até um ano do período de avaliação dos indicadores em questão. 

Os Incentivos de Curto Prazo estão mais diretamente ligados ao alcance de metas, conforme dissemos anteriormente. São conhecidos planos de ICP:

ILP

ILP se refere aos Incentivos de Longo Prazo, a segunda e última categoria que compõe a Remuneração Variável. A diferença entre ILP e ICP é o tempo mínimo para acesso ao incentivo financeiro. No caso dos Incentivos de Longo Prazo, a pessoa beneficiária só poderá resgatar a remuneração após um ano.

Não é raro que os contratos de vesting delimitem um prazo maior, já que essa é uma estratégia para retenção de pessoas-chave na empresa.

São os planos mais conhecidos dessa categoria:

Como esses planos podem motivar a equipe?

Planos de incentivo são implementados ao pacote de benefício por várias razões, e uma delas é motivar a equipe para que as pessoas colaboradoras desempenhem seu trabalho da melhor maneira possível. A seguir, você entenderá mais detalhadamente como isso ocorre.

Valorização profissional

Os planos de Remuneração Variável são uma forma de demonstrar a valorização profissional para funcionários e funcionárias, seja pela performance ou pelo tempo de envolvimento com a empresa.

De qualquer forma, esse é um fator essencial na retenção de talentos, visto que ter o trabalho reconhecido traz o sentimento de satisfação profissional.

Portanto, reconhecer o bom trabalho desempenhado, bem como a dedicação de muitos anos ao negócio, gera motivação e vontade de continuar buscando os melhores resultados.

Reconhecimento financeiro

Como já é esperado, a questão financeira é importante e pode fazer bastante diferença para muitas pessoas que recebem um incentivo como esse. Esse é um dos fatores mais decisivos para a retenção e atração de talentos.

Portanto, um ICP ou ILP, como forma de reconhecimento pode ser um grande diferencial no momento da pessoa colaboradora ou candidata optar pela empresa em questão. 

A estratégia de incentivo também funciona como um grande impulsionador da motivação coletiva, já que os trabalhadores e trabalhadoras em questão colocam mais foco e energia  para atingir as metas estabelecidas que levam à Remuneração Variável.

É importante salientar que, apesar de ser um grande peso no momento da decisão, o reconhecimento financeiro não deve ser o único investimento nos funcionários e funcionárias.

É importante cuidar das pessoas em outros aspectos, como:

  • oferecer um ambiente de segurança psicológica;
  • incentivar o desenvolvimento profissional e da carreira;
  • disponibilizar outros tipos de benefício que melhorem a qualidade de vida, como horário flexível, home office, entre outros.

Alinhamento de interesses

Quando a empresa oferece um plano de incentivo é preciso comunicar o objetivo para além da motivação. A empresa ganha de um lado e os funcionários e funcionárias ganham de outro. Para que ambas as partes saiam satisfeitas, é preciso seguir as condições do contrato de vesting.

Portanto, esse alinhamento inicial dos interesses da empresa e das pessoas colaboradoras é importante para que todos estejam cientes de como o plano funciona e como podem alcançar o benefício.

Dessa forma, as pessoas entenderão como podem otimizar o trabalho para entregar os resultados esperados, sendo assim, conseguem um objetivo claro e podem desenvolver a motivação necessária para alcançá-lo.

Indicadores positivos e alcance de metas

O resultado da motivação entre as pessoas colaboradoras e, consequentemente, a tendência de apresentarem bons resultados é uma maior chance de alcance de metas organizacionais, de forma geral, e de indicadores cruciais apontando resultados positivos. 

Com isso, os incentivos são concedidos e ocorre todo o fluxo da motivação novamente, já que é um ciclo. Por isso é importante planejar e desenhar o plano com cuidado e, de preferência, com uma ajuda especializada, como a que a Pris oferece.

Saiba mais sobre o assunto!

Nesse artigo, você viu mais detalhes sobre o que é um plano de incentivo, quais são suas categorias e, claro, entendeu como essa estratégia pode motivar a equipe de trabalho. Além disso, compreendeu que a motivação, impulsionada pela Remuneração Variável, é cíclica e, por isso, precisa ser constantemente acompanhada.

Para conhecer mais benefícios que a Remuneração Variável pode oferecer para sua empresa, entre em contato conosco! Para acompanhar mais conteúdos sobre esse assunto, nos siga nas redes sociais! Estamos no LinkedIn, Facebook, Instagram e YouTube.

Sobre o Autor
Julia Campos é analista de Marketing de Conteúdo da Pris. Cursa MBA em Gestão de Pessoas pela USP/Esalq e é bacharel em Jornalismo e Publicidade e Propaganda pela UniAcademia. Tem experiência em marketing, produção jornalística, de conteúdo e assessoria de imprensa. Atua como produtora de conteúdo de temas como Remuneração Variável.

Artigos Relacionados

Saiba o que é ILP e como ele pode ajudar sua empresa

Um Incentivo de Longo Prazo oferece uma série de benefícios que podem culminar em uma melhoria da performance das pessoas...

Stock Options: como funciona este incentivo?

Entender como funcionam os Incentivos de Longo Prazo é um passo importante para saber qual plano é mais indicado para...

Cap table: por que você deve entender sobre o assunto

Empreendedores e gestores que buscam organização e clareza de informações relacionadas a estrutura de propriedade da empresa precisam entender o...

homeenvelopephone-handset