5 passos para fazer a gestão de remuneração em uma empresa

Por Julia Campos
6 minutos de leitura
gestão-de-remuneração

Realizar uma boa gestão de remuneração é fundamental para o sucesso do plano de Incentivo de Longo Prazo. No entanto, a administração do ILP é uma tarefa que pode se tornar um desafio a depender dos recursos que se tem.

Por isso, separamos cinco dicas que podem auxiliar na gestão de remuneração da sua empresa. Continue a leitura para entender como a transparência do incentivo, a comunicação com as pessoas beneficiárias, as métricas dos incentivos, o impacto do plano e um software podem fazer diferença na gestão de remuneração.

Entenda a importância de fazer a gestão de remuneração

Uma boa gestão de remuneração leva facilidade não apenas para as pessoas que são responsáveis por operacionalizar esse projeto. A manutenção de uma gestão facilitada acaba por implicar em várias frentes — pessoas beneficiárias, acionistas e, claro, gestores e gestoras. 

São pontos diretamente afetados pela gestão de remuneração:

  • alinhamento de objetivos — com a gestão da remuneração, é possível entender se o plano está alinhado às metas da empresa;
  • tomada de decisões — os dados que uma boa gestão de remuneração recolhem possibilitam que as decisões a serem tomadas sejam mais acertadas;
  • organização e transparência de informações — stakeholders com acesso às informações de sua remuneração são mais engajados e confiam mais na lisura do processo;
  • segurança de dados, entre outros fatores.

Esses são alguns dos motivos que ressaltam a importância de fazer a gestão de remuneração. É importante salientar que uma boa gestão de remuneração é fundamental para extrair o melhor resultado dos Incentivos de Longo Prazo.

Veja 5 passos para fazer a gestão de remuneração de uma empresa

Fazer a gestão de remuneração é uma tarefa que pode ser desafiadora para muitas empresas. Por isso, separamos algumas dicas para otimizar a administração dos Incentivos de Longo Prazo da sua empresa. Confira a seguir.

  1. Zele pela transparência do incentivo

A transparência, promovida por uma eficiente gestão de remuneração, não se restringe apenas aos líderes do projeto. Acionistas e pessoas beneficiárias também podem acessar informações importantes.

Por consequência, os acionistas se beneficiam ao terem uma visão clara do potencial futuro do patrimônio líquido. Enquanto isso, as pessoas beneficiárias têm acesso a dados essenciais, como:

  • cronogramas de aquisição; 
  • concessões;
  • valor financeiro a ser recebido.

Sendo assim, a transparência desempenha um papel crucial na construção de confiança e na robustez do processo envolvendo o Incentivo de Longo Prazo.

  1. Mantenha a comunicação com as pessoas beneficiárias

Garantir uma compreensão clara das regras e do funcionamento do plano de Incentivo de Longo Prazo é fundamental para o sucesso da remuneração. Também é preciso manter essa comunicação durante todo o tempo.

Isso porque, as pessoas colaboradoras podem ter dúvidas a qualquer momento. Além disso, novos beneficiários passam a fazer parte do plano de tempos em tempos. Portanto, precisam se inteirar de todas as regras e particularidades do ILP.

Sem um entendimento claro do que os beneficiários podem obter ao participar do processo e das regras do plano, não há alinhamento de expectativas nem engajamento por parte dos colaboradores. Consequentemente, o propósito do ILP fica comprometido.

É essencial, portanto, avaliar a eficácia do plano de comunicação do incentivo e garantir que os canais de divulgação sejam apropriados. Ademais, é recomendável estabelecer um canal de comunicação para que tanto os veteranos quanto os novos beneficiários possam esclarecer suas dúvidas sobre o incentivo.

  1. Acompanhe as métricas do incentivo

A avaliação periódica das metas tanto das pessoas beneficiárias quanto do próprio ILP é essencial. Visto que é necessário verificar se os objetivos do incentivo estão sendo alcançados. Alguns questionamentos relevantes incluem:

  • as metas continuam alinhadas com os interesses da empresa?
  • as metas são realistas e alcançáveis?
  • os beneficiários estão sendo retidos na empresa por mais tempo desde a implementação do ILP?
  • a saúde financeira da empresa ainda está em linha com as características do plano adotado?
  • os concorrentes no mercado estão oferecendo incentivos semelhantes ou melhores?
  • houve melhorias nos indicadores gerais de desempenho da empresa?

Se for observado que o incentivo não está mais adequado ao contexto atual da organização, é necessário considerar estratégias para lidar com a situação. Uma solução potencial é a revisão do ILP, especialmente se os objetivos iniciais da remuneração não estiverem mais sendo atingidos.

  1. Avalie o impacto do plano

É importante avaliar o impacto dos Incentivos de Longo Prazo na motivação, no desempenho e nos resultados da empresa. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de satisfação. 

Com base nos resultados, será possível apurar se o incentivo precisa passar por algum ajuste, ou, até mesmo, por um redesenho. Logo, a pesquisa também serve para alinhar as expectativas das pessoas beneficiárias e da empresa com relação ao retorno que o ILP pode proporcionar.

  1. Adote um software para gestão de ILP

Automatizar a gestão de remuneração pode resultar em economia de tempo, recursos e esforço da equipe encarregada do processo. Além disso, a gestão se beneficia em termos de segurança e transparência, conforme mencionamos anteriormente.

Ao utilizar um software, como o oferecido pela Pris, a empresa elimina a necessidade de manter planilhas atualizadas e reduz o risco de erros humanos ou de fórmulas.

Tendo isso em vista, é importante saber que um software como o PRIS também permite que os beneficiários acessem informações detalhadas sobre o status de suas participações no programa. Dessa forma, se elimina a necessidade de contatar a equipe de gestão para obter tais informações.

Saiba mais sobre o assunto!

Neste artigo, você pôde conhecer a importância de realizar a gestão de remuneração. Além disso, conheceu cinco dicas para otimizar a administração do seu plano de incentivo. Entre elas, está a adoção de software para gestão de ILP. Com uma solução como o PRIS, o processo de gestão de remuneração é automatizado e simplificado de ponta a ponta.

Entre em contato conosco para conhecer mais sobre o PRIS e saiba mais sobre como nosso software pode atender as necessidades da sua empresa. Siga nossos perfis nas redes sociais para ver mais conteúdos como este.

Sobre o Autor
Julia Campos é analista de Marketing de Conteúdo da Pris. Cursa MBA em Gestão de Pessoas pela USP/Esalq e é bacharel em Jornalismo e Publicidade e Propaganda pela UniAcademia. Tem experiência em marketing, produção jornalística, de conteúdo e assessoria de imprensa. Atua como produtora de conteúdo de temas como Remuneração Variável.

Artigos Relacionados

Saiba o que é ILP e como ele pode ajudar sua empresa

Um Incentivo de Longo Prazo oferece uma série de benefícios que podem culminar em uma melhoria da performance das pessoas...

Stock Options: como funciona este incentivo?

Entender como funcionam os Incentivos de Longo Prazo é um passo importante para saber qual plano é mais indicado para...

Cap table: por que você deve entender sobre o assunto

Empreendedores e gestores que buscam organização e clareza de informações relacionadas a estrutura de propriedade da empresa precisam entender o...

homeenvelopephone-handset