Saiba como escolher o modelo de ILP ideal

Por Julia Campos
6 minutos de leitura

Escolher o modelo de ILP ideal de remuneração executiva para uma empresa é uma tarefa que demanda um extenso planejamento. É importante ter bastante ponderação nesse momento de escolha para que o programa elencado apresente resultados de acordo com o que se espera.

Neste artigo, você vai conhecer quais são algumas das vantagens de adotar um ILP e alguns passos essenciais que devem ser dados antes da decisão do modelo a ser implantado. Boa leitura!

Quais são as principais vantagens de um plano de ILP

Independente do modelo de Incentivo de Longo Prazo escolhido para ser implantado em uma empresa, há a certeza de que diversos benefícios poderão ser observados após a adoção. Abaixo, listamos algumas das vantagens comuns aos ILPs.

Atração e retenção de talentos

Essa é uma das principais vantagens dos planos de ILP. Como se trata de uma remuneração que só será viável a longo prazo, o princípio básico é que o beneficiário ou beneficiária se mantenha na empresa pelo prazo estipulado no contrato de vesting. Caso contrário, perde o direito de receber o incentivo.

No caso da retenção de talentos, as pessoas elegíveis para o ILP são perfis de grande destaque, que praticam e disseminam a cultura organizacional e apresentam uma performance de grande impacto. Portanto, é uma prioridade da empresa mantê-las em suas posições, já que são forças motrizes do trabalho desempenhado. 

Já quando o assunto é a atração de novos talentos, oferecer esse tipo de incentivo se torna um diferencial competitivo em um mercado que é muito concorrido quando se trata de uma busca por perfis específicos.

Valorização profissional

Como dissemos antes, geralmente, os perfis elegíveis a participarem do ILP são de pessoas colaboradoras que apresentam desempenho excepcional, além de terem grande destaque em soft skills, sendo responsáveis, também, por manter o ambiente positivo e motivado, além de estimularem a cultura organizacional.

Portanto, a inclusão desses colaboradores ou colaboradoras no plano de ILP é uma forma de valorização profissional que reconhece o engajamento e o esforço diário.

Essa iniciativa pontua o sentimento de pertencimento dessas pessoas ao ambiente de trabalho e fomenta a satisfação com a carreira, o que é mais um ponto positivo para a retenção desses talentos.

Alinhamento de interesses entre acionistas e pessoas beneficiárias

Por meio do Incentivo de Longo Prazo também é possível alcançar o alinhamento de interesses entre acionistas e pessoas beneficiárias do programa. 

É possível observar o alinhamento ocorrer quando, por exemplo, o beneficiário ou beneficiária recebe ações da empresa. Quanto mais as ações se valorizarem, melhor será para acionistas e para as pessoas colaboradoras que participam do plano.

Tendo isso em vista, é interessante para todas as partes que o desempenho da empresa seja o melhor possível, já que, quanto mais indicadores positivos forem apresentados, maior a chance dos papéis serem valorizados na bolsa.

Como escolher a remuneração executiva certa para a empresa

É preciso realizar algumas tarefas antes de definir qual plano será implementado na empresa. Por mais que alguma modalidade seja mais conhecida ou recomendada, essa é uma decisão que depende muito das necessidades da empresa, como veremos a seguir.

Levante as principais necessidades e limitações da empresa

O primeiro passo para escolher o tipo de Incentivo de Longo Prazo correto para a empresa é conhecer as necessidades e limitações do negócio.

Isto significa que, entre as necessidades, é preciso levantar por exemplo:

  • quais pessoas serão incluídas — se apenas pessoas-chave ou se todos os colaboradores e colaboradoras;
  • se a estratégia está sendo contratada com maior foco para retenção e/ou atração de talentos, valorização profissional ou reforço da cultura organizacional;
  • condições jurídicas, entre outras.

Já sobre as limitações, é preciso entender:

  • se o plano envolverá a distribuição de uma porcentagem do equity da empresa e, se sim, qual é essa proporção;
  • quanto há disponível para investir na estratégia;
  • como será feita a gestão do plano — se a equipe consegue alimentar os dados de cada pessoa colaboradora ou se será melhor investir em um software, entre outras.

Conheça os principais tipos de ILP

Um outro ponto importante antes de adotar um modelo de ILP é conhecer o máximo de planos possíveis, incluindo a forma como se diferenciam e os pontos particulares de cada um que são mais interessantes para as necessidades e limitações anteriormente levantadas.

Os modelos de Incentivos de Longo Prazo são bem versáteis, visto que suas regras de vesting são definidas pela própria empresa. Portanto, a escolha do plano ocorre, de fato, por conta de suas características.

São os modelos de ILP mais conhecidos atualmente:

Observe o mercado

Como o ILP também é usado como uma vantagem competitiva de mercado para atrair e reter talentos, é interessante observar quais planos empresas concorrentes e semelhantes, em termos de segmento e porte, estão adotando.

Isso servirá de benchmarking e será um bom comparativo para entender como sua empresa poderá se diferenciar das vantagens já oferecidas pelos concorrentes.

Além disso, você poderá entender como ocorre a adaptação e, se conseguir informações, também poderá sondar quais são os maiores desafios no que tange à adaptação do plano.

Busque o auxílio de especialistas no assunto

Contratar especialistas em Incentivos de Longo Prazo, como o time da Pris, para auxiliar na escolha do plano certo é um investimento.

A ajuda profissional poupará um bom tempo e conseguirá organizar melhor os esforços da empresa para levantar as informações necessárias que pautam a decisão.

Os especialistas, que, na Pris, têm um histórico de expertise com empresas de diferentes segmentos e portes, conseguem apontar os melhores caminhos quando o assunto é ILP, além de estarem sempre disponíveis para tirar dúvidas e dar explicações adicionais sobre os modelos de planos já citados.

Além disso, esse serviço pode se estender, após a escolha pelo melhor plano, no desenho de como ele funcionará para a empresa e, até mesmo, na automatização da gestão de ILP.

Saiba mais sobre o assunto!

Neste artigo, você pôde ver que a remuneração executiva apresenta uma série de vantagens interessantes para diferentes tipos de empresas. Além disso, viu alguns passos importantes a serem dados antes de escolher qual é o modelo de ILP ideal.

Um desses passos é a recomendação de procurar ajuda de especialistas. A Pris pode ajudar você nesta questão e na gestão de Incentivos de Longo Prazo! Entre em contato conosco para saber como podemos auxiliar na escolha do melhor ILP para sua empresa!

Sobre o Autor
Julia Campos é analista de Marketing de Conteúdo da Pris. Cursa MBA em Gestão de Pessoas pela USP/Esalq e é bacharel em Jornalismo e Publicidade e Propaganda pela UniAcademia. Tem experiência em marketing, produção jornalística, de conteúdo e assessoria de imprensa. Atua como produtora de conteúdo de temas como Remuneração Variável.

Artigos Relacionados

Saiba como adotar um plano de Stock Options

O plano de Stock Options é um dos Incentivos de Longo Prazo mais procurados pelas empresas. Isso se deve, principalmente,...

Como um ILP se encaixa em diferentes cenários de crescimento da empresa?

Planos de Incentivos de Longo Prazo (ILP) oferecem uma ampla gama de benefícios para beneficiários e empresas. Porém, há uma...

Conheça os objetivos de cada estratégia de incentivo

Todos os modelos de Incentivos de Longo Prazo oferecem benefícios para pessoas beneficiárias e empresas. No entanto, cada estratégia de...

homeenvelopephone-handset