Gestão Estratégica de PI


AUXILIAMOS ALGUMAS DAS MAIS INOVADORAS EMPRESAS BRASILEIRAS A REDUZIR CUSTOS E GERAR VALOR COM O PORTFOLIO DE MARCAS E PATENTES.

ALGUMAS DAS NOSSAS EXPERIÊNCIAS:




Senai

Auxiliamos a Vale a analisar qualitativamente o portfolio de patentes e a direcionar decisões de manutenção e abandono de patentes em diversos países.

Petrobras

Auxiliamos a Embraer e a Fibria a formalizarem uma metodologia de revisão de portfolio de patentes disponibilizada através do Pris IP Manager.

Embrapa

Auxiliamos o CPqD a selecionar as patentes que poderiam ser abandonadas visando a redução dos custos de manutenção.

QUER REDUZIR CUSTOS E AUMENTAR O VALOR DO SEU PORTFOLIO DE ATIVOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL?

Nós adoramos compartilhar conhecimento

Acompanhe nossas publicações: Cadastre-se aqui!

Pesquisa de PI – Parte 5: Instituições que tem como foco gerir a gestão de PI de terceiros

Nesse capítulo faremos análises referentes às questões direcionadas para empresas que têm como foco a gestão ou apoio à gestão de ativos de PI de terceiros. São, em sua maioria, escritórios de advocacia ou autônomos que prestam serviços relacionados à PI. Para simplificação, trataremos os respondentes desse grupo como escritórios. Tivemos um total de 8 […]

Pesquisa de PI – Parte 4: Práticas de gestão operacional adotadas

Nessa sessão analisaremos as práticas de gestão operacional adotadas pelas instituições participantes. Quando falamos de gestão operacional, estamos nos referindo às atividades mais básicas relacionadas à criação, manutenção e ao controle do portfólio de PI, como a busca de anterioridade, depósito dos ativos (no Brasil e exterior), pagamento das taxas, controle dos custos incorrido e […]

Pesquisa de PI – Parte 3: Licenciamento

Nessa sessão buscaremos analisar a existência do licenciamento dentro das instituições e a forma como esse licenciamento tem sido feito. Instituições que buscam licenciar seus ativos de PI têm uma fonte extra de geração de valor com o portfólio além do uso próprio, desde que esse licenciamento não traga nenhum prejuízo à estratégia da empresa. […]