Pris | Gestão Estratégica de PI


Gestão Estratégica de PI


AUXILIAMOS ALGUMAS DAS MAIS INOVADORAS EMPRESAS BRASILEIRAS A REDUZIR CUSTOS E GERAR VALOR COM O PORTFOLIO DE MARCAS E PATENTES.

ALGUMAS DAS NOSSAS EXPERIÊNCIAS:




Senai

Auxiliamos a Vale a analisar qualitativamente o portfolio de patentes e a direcionar decisões de manutenção e abandono de patentes em diversos países.

Petrobras

Auxiliamos a Embraer e a Fibria a formalizarem uma metodologia de revisão de portfolio de patentes disponibilizada através do Pris IP Manager.

Embrapa

Auxiliamos o CPqD a selecionar as patentes que poderiam ser abandonadas visando a redução dos custos de manutenção.

QUER REDUZIR CUSTOS E AUMENTAR O VALOR DO SEU PORTFOLIO DE ATIVOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL?

Nós adoramos compartilhar conhecimento

Acompanhe nossas publicações: Cadastre-se aqui!

Co-fundador da Pris colabora na produção de livro internacional sobre PI

A Câmara de Comércio Internacional (ICC – International Chamber of Commerce), maior organização do mundo em se tratando de questões de negócios, acaba de lançar um importante livro sobre Valoração em Propriedade Intelectual que contou com a colaboração de um de nossos fundadores, Daniel Eloi. Sobre a ICC – Câmara De Comércio Internacional A ICC […]

Segredo Industrial: qual a sua importância para o meu negócio?

Muito se fala sobre registro de marcas, patentes e desenhos industriais, porém há uma categoria de proteção de invenção que muitos já ouviram falar, porém poucos sabem realmente como funciona. O Segredo Industrial pode ser uma ótima ferramenta estratégica para seu negócio. Segredos Industriais são um tipo de proteção para garantir a confidencialidade de informações […]

Flexibilização da priorização de pedidos de patentes de ICT´s

Neste mês de junho, o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) iniciou a terceira fase do Projeto-piloto “Patentes ICT’s”. A principal mudança desse projeto foi a flexibilização dos requisitos para solicitar o exame prioritário. Esta mudança afetará, essencialmente, instituições científicas, tecnológicas e de inovação que não precisarão mais comprovar o interesse do mercado no ativo. […]