Aqui você encontra todas as nossas publicações


Atividades estratégicas de gestão do portfólio

Há alguns dias falamos sobre a importância de se fazer um bom uso do portfólio de PI, devido aos altos custos e esforço operacional associados à sua manutenção.

O problema é que, em muitas empresas, o foco da gestão de Propriedade Intelectual tem sido mais operacional do que estratégico.

Para atividades como busca de anterioridade, redação de patentes e atendimento à prazos, geralmente existem processos bem desenhados, com responsabilidades bem divididas entre as áreas, o que leva à execução eficiente.

O benefício das atividades estratégicas

Entretanto, atividades estratégicas que poderiam aumentar o valor gerado pelo portfólio de PI e reduzir os custos associados são deixadas em segundo plano. Para estas, geralmente não há um processo bem definido e nem fica claro as áreas responsáveis. O quadro abaixo resume as principais atividades estratégicas de gestão e a forma como geram valor:

A revisão contínua e estratégica do portfólio, em especial, é de grande importância pois auxilia as empresas a manterem em seu portfólio apenas patentes que geram valor e estão alinhadas com a estratégia organizacional.
Quer saber mais sobre a importância desta gestão estratégica? Baixe a pesquisa que fizemos sobre As Práticas de Gestão Estratégica e Operacional de Propriedade Intelectual:

Sobre o Autor

Daniel Eloi é sócio fundador da PRIS. Desde 2007 desenvolve pesquisas e lidera projetos e ministra cursos relacionados à valoração de tecnologias, apoio à gestão estratégia de Propriedade Intelectual, análise de investimento em projetos de grande porte e desenvolvimento de software. Graduado e mestre em Engenharia de Produção pela UFMG, aprimorou suas habilidades empreendedoras no Babson College e na Stanford University, nos EUA.



Gostaria de um tema específico?

Gosta de escrever?