Como ajudamos algumas das maiores empresas do país




Filtre por área de atuação:



Valoração de tecnologia em desenvolvimento para a busca
de parceiros comerciais para a Embrapa


Embrapa

A Embrapa desenvolve constantemente diversas linhas de pesquisa agropecuária. Para levar algumas inovações ao mercado, a empresa busca parceiros que compartilhem o desenvolvimento de etapas avançadas do P&D e produzam / distribuam os produtos gerados.

Um dos grandes desafios envolvido nesses processos é a negociação dos termos das parcerias, especialmente pela dificuldade de se quantificar o potencial das tecnologias e seus riscos.

A PRIS apoiou a Embrapa na análise e valoração de um projeto que estava em vias de buscar parceiros para o P&D. Com base nos resultados apresentados foi possível elaborar o edital para a busca de parceiros, o que poderá viabilizar o lançamento de produtos inovadores no mercado.



Valoração de portfólio de mais de 500
patentes globais para a Vale


Vale

A Vale é a segunda maior mineradora do mundo, com atuação em 37 países. A empresa tem clara vocação para inovação, que pode ser comprovada pelas inúmeras invenções e patentes que são geradas a partir de seus desafios operacionais de rotina.

No entanto, pelo grande volume de inovação gerada pela empresa, não estava claro o valor de seu portfolio de patentes. A PRIS desenvolveu uma metodologia que permite a valoração das mais de 500 patentes presentes no portfolio da Vale, de acordo com critérios próprios da natureza do negócio da empresa. Foi elaborado ainda um aplicativo de suporte à utilização da metodologia, cuja aplicação foi acompanhada de perto pela PRIS.

A valoração do portfolio de ativos de Propriedade Intelectual (PI), além de servir como um indicativo da importância do investimento em inovação, foi utilizado para aprimorar a gestão estratégica da PI empresa.



Valoração de Tecnologias gera valor ao negócio


Embraer

A Embraer, empresa brasileira fabricante de aviões, é uma das maiores companhias do setor no mundo. Com sede em São José dos Campos, seu portifólio inclui a fabricação de aviões executivos, comerciais, militares e agrícolas.

A empresa contratou a PRIS para realizar um treinamento de Valoração de Tecnologias para o pessoal das áreas de Gestão do Portfolio de PI, Transferência de Tecnologia, Parcerias Tecnológicas e P&D.O treinamento, com carga horária de 16 horas, abordou conceitos e técnicas de temas como priorização de investimentos, licenciamento e transferência de tecnologia, além de casos práticos da Embraer para a aplicação dos conceitos apresentados.

De acordo com Wander Menchik, gerente de Cooperação Tecnológica e Propriedade Intelectual, o diferencial da PRIS no treinamento de Valoração de Tecnologias foi a flexibilidade para adaptar as metodologias tradicionais às circunstâncias e objetivos da Embraer.



Aceleração no desenvolvimento de 2 novas rotas tecnológicas na
produção de biocombustíveis de 2ª geração para a Petrobras


Petrobras

A Petrobras é uma empresa que tem como estratégia a busca constante pelo domínio tecnológico da produção de novas rotas de biocombustíveis. O CENPES (Centro de Pesquisas da Petrobras) desenvolve diversas pesquisas nessa área, tanto internamente quanto em parceria com Universidades.

Para acelerar o desenvolvimento tecnológico de rotas promissoras, a Petrobras busca ainda parcerias com outras empresas desenvolvedoras desse tipo de tecnologia em todo o mundo. No entanto, o grande desafio envolvido nesse processo é avaliar a viabilidade de potenciais parcerias e a negociação de suas bases contratuais. A PRIS desenvolveu uma abordagem que permitiu à Petrobras valorar as tecnologias de interesse, apoiar as negociações com parceiros potenciais e elaborar planos de desenvolvimento tecnológico conjunto que guiassem as parcerias.

Desde 2009, a abordagem já foi aplicada na avaliação de três oportunidades de parceria, sendo que em dois casos houve efetivação da mesma, com as empresas Bioecon e Blue Sugars. A metodologia foi apresentada pela Petrobras e pela Pris na XI Conferência Anpei em Joinville em 2012.



Treinamento de ILP para gestão do plano de Stock Options


Wilson Sons

A Wilson Sons é uma das maiores empresas do Brasil no mercado de operações de serviços portuários, marítimos e logísticos terrestres. A empresa utiliza Incentivos de Longo Prazo e em 2014 lançou um novo plano de Stock Options. Por isso, contratou a PRIS para ministrar um treinamento para a equipe de remuneração. O objetivo foi nivelar o conhecimento de todos sobre ILP, já que a área assumiu mais responsabilidades na gestão do novo plano.

Os principais tópicos foram as principais modalidades de ILP, os desafios para a gestão e as exigências da norma contábil vigente. Houve discussão de casos reais e a realização de exercícios práticos pelos participantes. “O treinamento da PRIS é bastante abrangente e objetivo, permitindo um olhar não só para as questões ligadas à gestão de RH, como também um olhar contábil e de relações com investidores no assunto Incentivos de Longo Prazo”, conta Antônio Linhares, Gerente de Recompensa & Planejamento da Wilson Sons.



Preenchimento Formulário de Referência da CVM


Suzano

Todas as empresas de capital aberto no Brasil precisam ter e manter registro de emissora perante a Comissão de Valores Mobiliários. A instrução CVM nº 480, de 07 de dezembro de 2009, estabelece as condições para esse registro e, entre elas relaciona uma série de informações, periódicas e eventuais, que devem ser disponibilizadas para os acionistas e enviadas à CVM.

A instrução 480 adotou, como um dos principais documentos, o Formulário de Referência, seguindo um modelo de registro em que todas as informações referentes são reunidas em um único documento, que deve ser arquivado e atualizado regularmente na CVM. Além de arquivá-lo no momento do registro, as companhias precisam entregar o Formulário de Referência atualizado anualmente, em até 05 (cinco) meses a contar da data de encerramento do exercício social.

Especificamente a seção 13 do documento trata da Remuneração dos Administradores. Nesta seção há uma série de informações a serem divulgadas a respeito da remuneração baseada em ações e opções. Por ser uma seção complexa e trabalhosa, algumas empresas que utilizam o Options Report optam por contar com o apoio da Pris no preenchimento de documento, entre elas a Suzano, Magnesita e Sulamerica.

No caso da Suzano, o trabalho vem sido feito anualmente para a Suzano Holding e para a Suzano Papel e Celulose. Como a empresa conta com diversos tipos de Planos (Ações Fantasmas, Opções Fantasmas e Opções de Compra de Ações), a complexidade do preenchimento é significativa e a Pris tem garantido a adequação do preenchimento aos requisitos da CVM.



Auxílio na tomada de decisão de investimentos para a Ferrous


Ferrous

A Ferrous é uma produtora de minério de ferro fundada em 2007. Em 2008, a empresa estava analisando plano de implantação de suas operações e alternativas logísticas (por exemplo: mineroduto, ferrovia e portos), além da capacidade produtiva ideal de suas minas.

Como estes investimentos são de longo prazo, demandam um volume significativo de recursos e estão sujeitos a diversos riscos, a alta gestão achou importante o desenvolvimento de uma modelagem detalhada dos riscos e a análise de alternativas que poderiam reduzir a exposição da empresa a eles.

A PRIS desenvolveu um modelo financeiro, aplicando técnicas de simulação de monte-carlo e opções reais, que auxiliou a Ferrous a analisar suas principais alternativas de investimento, de maneira eficiente e embasada. Com isso foi possível definir a alternativa de implantação que reduzia os riscos sem impactar negativamente o retorno do investimento.



Valoração de ativos para fins contábeis para a Ferrous


Ferrous

No Brasil, segundo a BRGAAP, as empresas podem, desde 1996, amortizar o goodwill (valor pago acima do valor contábil) de ativos adquiridos. O que gera algumas distorções patrimoniais e benefícios fiscais significativos.

Nesse contexto, a PRIS foi contratada pela Ferrous, para elaborar o laudo que incluía o cálculo do valor justo (valuation) dos ativos minerários, e, a amortização planejada desses ativos. Dessa forma, a empresa conseguiu ajustar seu Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultados, apresentando os valores reais de seus ativos. Com isso, pôde fazer a amortização adequada de seus bens, se livrando de tarifações excessivas.

Vale ressaltar que, com a conversão das empresas brasileiras ao novo padrão contábil internacional, essa forma de amortização se tornou inviável.

DEPOIMENTOS EM VÍDEO

Clique aqui, para conferir os depoimentos dos nossos clientes.

Como podemos ajudar sua empresa?

Fale com um consultor

Conheça nossas soluções para:



Incentivos de Longo Prazo

Simplificamos processos de gestão, contabilização e revisão de planos de stock Options, ações restritas, phantom shares e ouros tipos de ILP. Saiba mais!

Propriedade Intelectual

Ajudamos empresas a transformar suas marcas e patentes em um ativo valioso com o apoio das nossas metodologias e softwares de gestão e valoração de PI. Saiba mais!

Finanças e Tributos

Auxiliamos empresas em análises financeiras com metodologias avançadas e nossa ferramenta de tratamento de documentos fiscais. Saiba mais!