Aqui você encontra todas as nossas publicações


5 Estratégias de Proteção de Propriedade Intelectual em Empresas de Software – Parte 4

Em nossos posts já falamos sobre Patente de Software, Direito Autoral para o Registro de software e o Segredo Comercial como vantagem competitiva. Agora, no quarto post de nossa série falaremos sobre:

A marca como uma ferramenta adicional de proteção

Os fatores que levam um consumidor a escolher um produto em detrimento de outro semelhante são vários. Em alguns casos, o preço é o fator predominante da escolha. Outras vezes, porém, pesam fatores como qualidade, confiança e outras características positivas associadas a uma determinada marca.

Muitas vezes, uma forma eficiente de proteção contra a concorrência é ter uma marca forte tanto para sua empresa quanto para seu software. Quando o consumidor reconhece a sua marca e a associa às características positivas da sua empresa, diferenciando seu produto do concorrente, você adquire um importante diferencial competitivo.

Assim, independentemente da forma de proteção escolhida para o software em si, é importante que você registre o quanto antes as marcas relacionadas a sua empresa e aos seus produtos.

Uma marca pode ser qualquer palavra (ou conjunto de palavras) e/ou símbolo capaz de identificar a origem dos produtos e serviços. Podem ser protegidos os nomes, logotipos, slogans e, em alguns países, até mesmo a cor relacionada ao seu software. Esse registro ajuda a evitar que outros utilizem a sua marca (ou marcas semelhantes) na mesma área de atuação sem sua autorização, confundindo os clientes e até prejudicando sua reputação.

Um ponto importante é que não basta apenas registrar sua marca . Você precisa também monitorar o registro de outras marcas iguais ou semelhantes às suas marcas e se opor ao registro dessas marcas. Para isso, existem alguns softwares no mercado que fazem o monitoramento automático das marcas publicadas, avisando quando alguma marca semelhante a sua entra em processo de registro.

Além de proteger e monitorar a sua marca, é preciso ter atenção também ao registro de domínios relacionados a ela. É comum que terceiros se aproveitem do reconhecimento de uma marca para registrar domínios com nomes relacionados a essa marca, causando confusão ao consumidor. Assim, não esqueça de registrar seu domínio o mais rápido possível, tornando sua marca ainda mais forte. O órgão responsável pelo registro de domínios no Brasil é o Registro BR.

 

Aproveite e baixe nosso ebook completo clicando no link abaixo:

Sobre o Autor

Daniel Eloi é sócio fundador da PRIS. Desde 2007 desenvolve pesquisas e lidera projetos e ministra cursos relacionados à valoração de tecnologias, apoio à gestão estratégia de Propriedade Intelectual, análise de investimento em projetos de grande porte e desenvolvimento de software. Graduado e mestre em Engenharia de Produção pela UFMG, aprimorou suas habilidades empreendedoras no Babson College e na Stanford University, nos EUA.



Gostaria de um tema específico?

Sugira um tema

Gosta de escrever?

Seja um colaborador